Ensinamentos Surpreendentes Sobre A Família Na Bíblia

Ensinamentos Surpreendentes Sobre A Família Na Bíblia

Veja o que Jesus disse em…

João 15:5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

6 Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam.

7 Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.

Muitas pessoas se surpreendem quando descobrem o que a Bíblia e somente a Bíblia ensina sobre o casamento. A Bíblia é um guia de vida, é o manual da nossa vida. Qualquer área da vida, emocional, física, espiritual, familiar, empresarial, profissional, vocacional, todas elas tem ensinamentos específicos na Bíblia.  Eu sei que muitos querem melhorar nas relações do seu casamento.

Olha só, os princípios bíblicos que nós pregamos neste ministério tem, ao longo dos anos, salvado muitos casamentos.  Nós temos visto Deus transformar relacionamentos amargos em relações doces.

Por quê?   Porque foram pessoas que decidiram acreditar e depois praticar a Bíblia. A Bíblia ensina muito sobre o casamento. E o que eu peço ao Senhor é que cada instrução que o altar repassa a você ela seja vivenciada, praticada para que a sua relação familiar seja uma relação abençoada.

Eu acredito nas verdades bíblicas e elas se aplicam de forma contundente na vida da pessoa que acredita nelas. E tudo o que vamos ensinar durante este ano vai revolucionar vidas, famílias, casamentos. Aceite o desafio de ser guiado pela palavra da graça de Deus.

 

Já foi falado aqui domingo passado, mas Deus quer que seja falado mais ainda sobre este assunto que é a sexualidade dentro do casamento. Já foi explicado que Deus reprova a sexualidade fora da relação entre um homem e uma mulher no casamento. Deus criou a vida conjugal para o casamento.

E algo importante – vida conjugal tem que ser uma prioridade.  Deus criou o sexo e Ele ensina como o sexo deve ser usado, como dever ser desfrutado, conforme as necessidades e desejos do casal.

E Deus ensina que o marido deve cumprir seus deveres conjugais para com sua mulher, e a mulher deve cumprir seus deveres conjugais para com seu marido. Nós entendemos, à luz da Bíblia Sagrada, que há deveres conjugais no casamento.

1Coríntios 7:3 O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido.

Então, na questão da vida conjugal, o marido deve colocar a esposa como prioridade da sua vida. E a esposa também não pode negar a vida conjugal ao seu marido.  O marido tem que conceder à esposa e a esposa tem que conceder ao marido. 

1Coríntios 7:4  A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher.

Estamos perante um fato – vida conjugal tem que ser prioridade na relação dos casais evangélicos. Infelizmente, muitos casais vivem na incontinência da vida conjugal. E, quando você não prioriza a vida conjugal dentro do seu casamento, o inimigo das nossas almas tem se metido na vida de muitos casais. Foi por isso que Paulo ensinou sobre este assunto em…

1 Coríntios 7:5  Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência.

Veja, só há uma razão para o casal não ter vida conjugal, por algum tempo – quando o casal se dedica à oração. Só que há pessoas que não respeitam isso e usam a arma conjugal como barganha. O corpo do marido não pertence ao marido, é da sua mulher. E o corpo da mulher não pertence à mulher, é do seu marido. Tem que priorizar. Claro que existem outras prioridades na vida de um casal evangélico.

 

Como é que um casal evangélico prioriza a sua vida?  Primeiro, Deus. Segundo, o cônjuge. Terceiro, os filhos. Quarto, os pais.  Quinto, os parentes. Temos que aprender a priorizar as coisas na vida. Mas, entre o casal, a prioridade é a vida conjugal.  Quantos problemas existem dentro de famílias evangélicas, porque há pessoas que, erradamente, fazem da vida conjugal uma barganha.  Eu vou ter relação com você se me der isto, se fizer isto… Amados, não façam isto.

A prioridade na vida de um casal – vida conjugal. Isto é bíblico, é assim que Deus manda. Porque, se você não prioriza isto, satanás se mete na vida.  Podem acontecer verdadeiras tragédias dentro de um casamento, quando o marido e a esposa não dão um ao outro o que lhe é devido.

1Timóteo 5:8 Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente.

Temos que ter cuidado com os nossos. E a primazia tem que ser a vida conjugal entre o casal. E para isso não há idade. O teu corpo não te pertence, ele pertence ao teu cônjuge. Tem que ter esta prioridade, porque a Bíblia diz – o que lhe é devido. Então, essa coisa da esposa dizer – estou com dor de cabeça, o marido dizer – estou muito cansado, isso tudo é arma de satanás. Quando duas pessoas se amam não tem dor de cabeça, não tem canseira, não tem hora pra namorar. O marido gosta, a mulher gosta, e ponto final.

Porque é dura a vida de uma pessoa que não prioriza a vida conjugal, não tem o entrosamento, o carinho, a felicidade da vida conjugal. Aí a esposa chama o marido de “papai”, o marido chama a esposa de “mamãe”. Não pode existir esse negocio de papai e mamãe na vida de um casal. Existe um homem e uma mulher que Deus disse – prioridade número 1 na sua relação é vida conjugal.

 

Segundo ponto, o casamento cristão é monogâmico. Ou seja, cada cristão deve ter um parceiro, ou uma parceira. A relação sempre é heterossexual, é uma relação sempre com o sexo oposto. E a relação de um casal cristão é monossomática. Porque a Bíblia diz que cada um tem seu corpo, mas pela união dos seus corpos eles se tornam uma só carne. Quando se unem pelo casamento se tornam uma só pessoa.

Então na relação conjugal ela é heterossexual, um homem se une com uma mulher. Ou seja, a Bíblia condena a relação conjugal entre dois homens, ou entre duas mulheres. Ou um homem com duas mulheres. Porque somos heteros e monogâmicos.  E qualquer posição da sociedade diferente disto não é cristianismo.  O cristianismo é um homem com uma mulher. E são duas pessoas que se tornam uma só carne. O casamento cristão é monogâmico, é heterossexual e é monossomático.

Então, hoje vemos em público aqui na cidade duas meninas de mãos dadas, dois rapazes de mãos dadas, e até se beijando.  E isto é contra a Bíblia Sagrada. Nossa igreja está aberta a todas as pessoas, não importa se é um homossexual, ou uma lésbica. Não somos contra ninguém. Somos contra aquilo que a Bíblia é contra. Então respeitamos as pessoas, mas não concordamos com aquilo que Deus não estabeleceu. As pessoas quebram as leis que Deus estabelece e vão viver infelizes.  Tudo o que for contra ou diferente do que Deus estabeleceu para uma relação conjugal, Deus chama de impureza ou de adultério.

Mateus 5:27,28 Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. 28  Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.

Na realidade, quem vê a sujeira de uma relação são as pessoas que não são de Deus. Porque a Bíblia diz que, para o puro, tudo é puro. Mas para o impuro, até o que é puro a pessoa vê impureza.

Então sabemos que a relação aprovada por Deus é esta – um parceiro do sexo oposto e os dois se tornam uma só carne. 

 

Terceiro ponto – o amor é um compromisso incondicional. Amor não é um sentimento inconstante. Quando você ouve alguém dizer – Ah!  Eu amava muito, mas, de repente, deixei de amar – essa pessoa não tem ideia do que significa o amor.  Amor não é um sentimento frágil, amor é um compromisso. Não é uma historia com um final feliz, é uma historia sem fim, quando existe amor. 

1Coríntios 13:7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Imagina uma coisa – quem vive um amor assim hoje em dia?  Sabe o que as pessoas dizem a um advogado quando querem se separar?  Eu não quero sofrer mais, eu não vou esperar mais nada, eu não suporto mais essa pessoa, eu quero o divórcio. Mas a Bíblia diz que isso não é amor. Veja, o amor sofre, crê, espera, suporta. E a Bíblia diz ainda mais… 

1Coríntios 13:8  O amor jamais acaba;

Veja, se o amor acabou é porque não era amor, porque o verdadeiro amor jamais acaba. As pessoas se casam por motivos estranhos, escuros, escusos. Por isso é que ensinamos aqui na igreja – casamento evangélico tem que ser: um homem com uma mulher, são heterossexuais, os dois tem que ser da luz, os dois tem que ser da fé, se possível da mesma igreja, das mesmas convicções, se possível das mesmas tradições de família, que tenham aprovação das duas famílias. Depois, que haja aprovação da liderança da igreja.

Muito pouca gente vem à liderança da igreja e diz – olha, estou gostando de tal pessoa, ela gosta de mim, orem por mim para que Deus mostre se esta relação tem aprovação dele, se é a pessoa que posso me casar, quero ter esta certeza. Então, entendemos que o amor não pode apenas ter um final feliz, é uma historia sem fim. Quando Deus une é uma historia sem fim. Quando Deus não une os homens separam.

 

Quarto ponto, toda mulher precisa ser amada. Todo homem precisa ser respeitado. Esta é a regra bíblica. Mesmo quando a outra parte não merece.  Porque às vezes alguém diz: – Ela não merece, ele não merece. Amado, toda mulher precisa de amor. Todo homem precisa de respeito. Quando uma pessoa não respeita a outra, a relação se torna muito difícil. E eu creio que Deus dá o melhor quando estamos na pior.  Não é isso que Deus faz conosco?  Quando a pessoa está na pior, Deus vem com socorro e dá o melhor.  É assim que temos de proceder. As pessoas precisam mais de amor, às vezes, quando elas menos merecem.  Temos que entender esta palavra de… 

Efésios 5:33 Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido.

Quer dizer que todo homem tem que ser respeitado pela sua mulher. Até na vida conjugal. E vou dizer, se um homem é desmerecido pela sua mulher ele não se aguenta.  Quando o marido tem uma mulher que o levanta, o ajuda, o empurra, o cara sobe o morro do Spitzkopf plantando bananeira. E na questão conjugal existem muitas pessoas que desrespeitam seu parceiro.  Detalhes da vida conjugal não podem e não devem ser revelados a outras pessoas. Não desmereça o seu marido.  – Bispo, mas ele não me satisfaz…  Qual o parâmetro usado para dizer isso?  Porque nesse assunto de vida conjugal tem que haver um acordo mútuo.

Então, marido, ame a sua esposa como você se ama. Veja que Deus manda o marido amar a esposa, e não manda a esposa amar o marido.  Sabe por que?  Porque a mulher já vem amando. Então, se houver estas regras bíblicas praticadas no seu casamento, a relação vai firme.

Os homens tem que amar suas esposas.  As mulheres tem que respeitar seus maridos.  Amém, maridos?  Amém, esposas?  Então é assim, o que a mulher mais precisa é de ser amada.  Às vezes, ela não quer uma joia, nem uma roupa cara, ela quer se sentir amada, estimada, reconhecida. Tem homem que diz – vou fazer da minha mulher uma rainha. E ela diz – não quero ser rainha, quero ser eu, quero ser amada como eu sou. Isto se chama amor.

E a mulher tem que respeitar o marido. – Porque esse aí é um preguiçoso.  Esse aí não me satisfaz, esse aí não vale o que come… Amado, quais são os parâmetros para se falar isso?  Não há parâmetro. O casal tem que se ajustar nestas qualidades da vida conjugal. Então o que mulher mais quer é ser amada, considerada, respeitada, reconhecida. E o que o homem mais quer é ser respeitado pela sua mulher. O cara trabalha o dia todo e chega em casa, não tem o que lhe é devido, ele se desmonta todo. Não tem essa de dor de cabeça, TPM, cansaço…  quando o casal quer, meu irmão, ninguém segura. Exatamente isso que você pensou.

Então, amados, tem amor, tem respeito, vamos em frente.  Isto é bíblico, por isso temos que ensinar isso.  E não pode ficar com conceitos errados, como ensinam em algumas igrejas, que o homem tem que ficar de cueca comprida, a mulher de calçola, e ainda tem que usar um lençol com buraquinho no meio para o ato conjugal. É por isso que as pessoas são infelizes, se divorciam, e há lares que são verdadeiras alas de psiquiatria, porque o casal não tem uma vida conjugal acertada. Então, mulher tem que dar respeito ao marido e o marido tem que amar a esposa.

 

Quinto lugar, quando Deus une um homem a uma mulher, Deus odeia que as pessoas rompam a relação que Ele estabeleceu.

Malaquias 2:16 Porque o SENHOR, Deus de Israel, diz que odeia o repúdio e também aquele que cobre de violência as suas vestes, diz o SENHOR dos Exércitos; portanto, cuidai de vós mesmos e não sejais infiéis.

Deus está dizendo que Ele odeia que as pessoas rompam a relação que Ele estabeleceu. E Deus odeia a violência dentro de casa. É muito triste um casal que vive brigando, que quebram coisas dentro de casa, marido se descontrola, esposa também, e se batem.  Olha só, procure manter dentro da sua casa uma relação mansa, unida.  O homem amando a esposa, a esposa respeitando o marido.

Então, Deus fala do repúdio, do adultério, da violência das vestes. Porque quando chega a uma situação de desrespeito tal que o marido bate na esposa, é uma situação muito triste. Outra coisa, não pode haver ciúme entre o casal.  Você sabia que ciúme é uma arma de satanás?  Ciúme não vem de Deus. Ciúme é uma insegurança diabólica. 

Provérbios 6:34  Porque o ciúme excita o furor do marido; e não terá compaixão no dia da vingança.

Ciúme quer dizer que não ama, mas que tem uma propriedade.  Mas ninguém é propriedade de ninguém, a pessoa ama devotadamente. Não pode existir isso de – se eu souber que você olha pro lado eu te esgano… – isso não é evangelho, amados.  Há mulheres que poderiam ser brilhantes, mas o marido não deixa estudar, não deixa sair nem se arrumar, porque é ciumento. Há homens que são tão ciumentos que escravizam a mulher dentro de casa.  Isso é doentio, então é melhor não casar. Ou ama ou não ama. Ou foi Deus que uniu, ou não foi Deus que uniu. Quando a pessoa ama ela tem segurança no amor, PONTO!  Quero ver as mensagens do celular dela, porque sei lá o que tem…  Isso é ciúme doentio e não vem de Deus. Somos evangélicos, as nossas relações tem que ser bíblicas.

Não tem que ter ciúme de nada. Eu não tenho ciúme de nada.  Porque, ou eu sou um cara com estrutura emocional bem organizada, ou então como eu vou viver no meio de tanta gente? Amados, tem pastor que tem ciúme das ovelhas que não são dele… porque a minha ovelha…  Aqui não tem nenhuma ovelha que é minha.  Aqui todos somos ovelhas de Jesus Cristo, Ele é o nosso Pastor.

 

Sexto lugar, as necessidades do seu cônjuge tem que vir antes das suas próprias necessidades. Esta é uma relação saudável, estável, não pode haver egoísmo. Todo homem quando casa abre mão dos seus direitos em favor da sua esposa. Tem que haver submissão mutua. Isso diz em… 

Efésios 5:21 sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.

Então, uma relação saudável, estável, tem alguns detalhes que eu gostaria de tratar agora. Quando na relação o marido diz à esposa – Você está em primeiro lugar; e a esposa diz ao marido – Você está em primeiro lugar, eles se apreciam mutuamente. É muito interessante quando você vê um homem apreciando a esposa e a esposa apreciando o marido. E como eu aprecio?  Com elogios.

O escritor William James diz o seguinte – Todo ser humano anela ser apreciado.  Toda mulher anela que o marido diga – você é linda, maravilhosa, gostosa.  Todo marido gosta de ser elogiado pela esposa – você é o melhor homem do mundo, um gigante por natureza.  Elogiar é uma apreciação mutua. Jesus elogiava as pessoas, ele dizia – Servo bom e fiel.  Às vezes a esposa capricha na comida e o marido chega e diz – a minha mãe fazia melhor. Todo ser humano tem um anelo por ser apreciado.  Todo homem quer ser elogiado pela esposa. E toda esposa quer ser elogiada pelo marido.

Outro aspecto de uma relação saudável é resolver os problemas e conflitos juntos. Portanto, roupa suja se lava em casa. Espero que não haja roupa suja, mas se tiver que lavar, lave em casa, amado, os dois juntos.  Depois tem que haver uma comunicação aberta entre o casal. Não pode haver tabus, rancor, acusação, criticas, tem que ser uma relação de comunicação aberta.

Outra coisa, tem que haver dedicação, tem que haver tempo. As pessoas tem que aprender a construir a sua vida. Tem marido que não sabe que número de calçado a esposa usa. Não sabe a cor preferida, nem se lembra do dia de aniversario.  – Querido, você nem se lembrou do meu aniversario…. – Mesmo, quando foi?  – Foi em março… – Março…. (riso amarelo!) nossa, estás mais velha mesmo… Caramba, que elogio ele dá à mulher dele.  A dedicação, a vida se constrói juntos.

 

Sétimo lugar, você tem de aprender a compartilhar as tradições de família. Aquele almoço juntos, o aniversario juntos, as férias juntos, as festas juntos, todas as famílias tem uma historia. E tem tradições que precisam ser compartilhadas.  Então, minha esposa é de origem alemã e a família dela gosta de chucrute.  A gente come chucrute lá em casa de vez em quando. Churrasco.  A gente precisa cultivar tradições familiares dentro da nossa casa. E como se compartilha tradições?  Um almoço de sábado, ou de domingo juntos. Isso faz a relação ser saudável. E marido e mulher vão criando códigos. Às vezes um olhar basta para entender o que o outro quer dizer.

 

Oitavo lugar, marido e esposa evangélicos são unidos em tudo. Não tem o meu, o dele, o meu dinheiro, o teu dinheiro. Dinheiro, esperança, sonhos, lutas, marido e mulher tem que estar unidos. Chama-se vida compartilhada, sem segredos de um para o outro. Dentro de um casamento evangélico não há vencedores e perdedores. Há casais que se amam. Veja o que disse Pedro em… 

2Pedro 2:19 prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção, pois aquele que é vencido fica escravo do vencedor.

2Pedro 2:20  Portanto, se, depois de terem escapado das contaminações do mundo mediante o conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, se deixam enredar de novo e são vencidos, tornou-se o seu último estado pior que o primeiro.

Então, há casais em que o marido é sempre o vencedor dentro de casa e a esposa sempre é vencida. E há casais que é o contrario, a esposa sempre vence e o marido sempre é vencido.  Mas não existe isto no casamento cristão.  Porque os dois são vencedores. E se os dois perderem os dois perderão. Por isso diz em…

Gênesis 2:24 Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

Este é o casamento monossomático. Se os dois são uma só carne não pode haver um vencedor e um perdedor. Os dois são vencedores.  Até na vida da igreja.  Por que não temos eleições na igreja?  Muitas igrejas tem eleição. Tem os irmãos que ganham e os que perdem, tem uma igreja vencedora e outra derrotada dentro da igreja. Mas não existe isto aqui dentro da Bíblia.  O pastor é um anjo e quem o constitui é Deus.  Vamos eleger aqui quem vai ser o regente de louvor…. Não!  Deus já constituiu o dc Gerson com o regente de louvor.  Foi indicado pelo pastor, pelo anjo da igreja.

Uma família onde há um vencedor e um perdedor é uma tragédia.

 

Ultimo ponto, um casamento tem sempre que ter Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

Eclesiastes 4:12 Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.

E o que quer dizer um cordão de três dobras?  É o marido, a esposa, e Jesus.  Homem de Deus, mulher de Deus, casais, temos que compartilhar a fé dentro de casa. A Bíblia tem que ser vivida como um manual de vida começando dentro de casa. O casal tem que aprender a viver a ousadia, a fé, compartilhando isso tudo juntos. A esposa tem que ser o esteio do marido, o marido tem que ser o cabeça da casa. E os dois, tornando-se uma só carne, se tornam uma família que é esteio da sociedade.  Hoje, amados, nós não temos muitas famílias aí fora que são esteio, a segurança da sociedade.

Então vamos nós criar as nossas famílias como esteios da sociedade. Ali está um homem de Deus, uma mulher de Deus, casais que compartilham a fé, vem juntos à igreja.  Vivam a Bíblia na sua casa, tenham ousadia, tenham fé, estejam prontos para ouvir a voz de Deus.  Tenham firmeza no evangelho. Isso é muito importante quando um casal faz as coisas junto. Amós disse isso:

Amós 3:3  Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo? 

Então, minha palavra final é esta. Que os casais da nossa igreja, ao colocar esta palavra em prática, comecem a acertar, redefinindo seus valores.  Por exemplo, se você tem uma esposa muito ciumenta, tem que sentar, conversar, até zerar esta questão. Se você tem um marido que não quer que você estude, porque ele tem ciúme de você, tem que conversar até zerar essa questão de ciúme.  Porque este não é o modus operandi da Bíblia Sagrada.

O casal tem que ser a força um do outro.   Quanto mais o marido empurra a esposa pra cima, quanto mais a esposa eleva o marido, é assim que se vive o evangelho. O casal poder dizer – Vale a pena vivermos juntos. Estamos construindo uma historia maravilhosa de vida. É isto que Deus quer, é isto que Deus espera de cada um de nós. E não é com ciúme, ou com posturas equivocadas.

E eu termino dizendo: – Toda mulher precisa ser amada. E amor não é uma coisa para se mendigar. Toda mulher precisa ser amada, elogiada, reconhecida. Porque às vezes a esposa faz um esforço danado para agradar e não ouve nunca uma palavra de reconhecimento. Simplesmente ainda recebe esta palavra – não fez mais que a obrigação.

Eu termino com as palavras do escritor William James – Todo ser humano tem um anelo, um desejo de ser apreciado. Não há nenhum homem que não espere ser elogiado pela sua esposa. Porque é um anelo do ser humano. A mesma coisa a esposa. Toda esposa anela ser elogiada, ser reconhecida. Isto tem que entrar na prática do dia a dia.  Quando um homem atende este anelo da sua esposa, ele vai ter o retorno, porque o homem só colhe aquilo que semeia. E a iniciativa de semeadura começa com o marido. William James tinha razão com este princípio – Todo ser humano tem um anelo de ser apreciado.

Então, que o Senhor realmente manifeste suas misericórdias sobre nós e as nossas famílias sejam benditas do Senhor. Aprecie a historia do teu marido. Aprecie a historia da tua esposa. E Deus vai te honrar muito.

Assim Seja, porque assim disse o Senhor.

Um Presente Para Você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *