Casa Sobre a Rocha – O que Deus tem a dizer às famílias

Lucas 6:31 Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles.

Neste mês, com a responsabilidade dada por Jesus a este ministério, começamos a ensinar sobre famílias que fazem a diferença. Já ensinamos aqui sobre A Base de uma Família Cristã Feliz, e sobre Como Manter um Casamento Forte. E vimos os fundamentos bíblicos para ajudar as famílias.

Eu quero ajudar pais e mães que estão em lutas, que passam em dificuldades nas relações com seus filhos.  Então, como posso ser um pai, uma mãe segundo a Bíblia?

 

Vamos aprender isto hoje.  Quero ajudar pais que estão vivendo um stress muito grande com seus filhos. Muitos pais sonharam com o dia em que seriam pais. Tinham um projeto para isso.

Mas a realidade para muitos casos é totalmente oposto, e deixou de ser um sonho para, muitas vezes, se tornar num pesadelo.

Preciso ajudar pais libertando-os de sentimentos de culpa. Quero ajudar encorajando você a ter atitudes práticas com sabedoria de Deus. Porque a tendência dos pais, quando um filho não anda segundo os padrões que ensinaram a ele, é os pais se sentirem muito culpados. E dizem: – Onde eu falhei?

Eu não fui uma boa mãe, eu não fui um pai águia.  Eu não soube ensinar meus filhos.

E isto gera uma atitude de culpa muito grande. Pode ser que os filhos não estejam com os pais na igreja, e isto gera, muitas vezes, um sentimento de culpa muito grande.

 

Eclesiastes 10:18 Pela muita preguiça desaba o teto, e pela frouxidão das mãos goteja a casa.

Quer dizer que se você não fizer alguma coisa, a tua casa, a tua família desaba. Se você deixar apenas as coisas correrem de qualquer jeito, deixar a vida te levar, diz que vai chover dentro de casa.

Estamos aqui hoje exatamente para aprender a não deixar o teto desabar na sua família e, por causa da frouxidão das mãos, deixar que haja goteiras dentro da sua casa.

Quer dizer, as mãos frouxas, ou deixar que as coisas corram de qualquer jeito, na sua família, mais cedo ou mais tarde, vai gotejar dentro da sua casa.

 

Eu sei que há pais que foram feridos pelos seus filhos. Estão sem esperança. Mas quero lhe dizer que você não está sozinho nesta empreitada, você tem uma igreja, você tem um sábio conselheiro, você tem um homem aqui na sua frente que passa pelas mesmas adversidades, mas que reage de forma bíblica.

Então eu quero ajudar os pais a ajudarem os seus filhos, para que a família seja a família que Deus chamou a ser.  Muita gente diz que tem família, mas na realidade tem um campo de guerra dentro de casa. Um campo de acusação, de lágrimas.

 

Então, há muitas ideias, umas boas, outras más, sobre o que é ser pai e ser mãe.

Todos os pais são diferentes, e todos os filhos são diferentes. Por isso, precisamos saber que Deus tem os alicerces, os fundamentos, para construirmos a nossa casa sobre a rocha.

E não se pode construir uma família bem estruturada se não tiver bons alicerces.

Então, há regras que precisamos estabelecer em nossa casa, e construir nossa família sobre os fundamentos ditados por Deus para termos famílias felizes e bem sucedidas.

E existe uma Regra de ouro: Tratar os outros como gostaria de ser tratado.

 

Lucas 6:31 Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles.

Jesus está dizendo – Trate os outros como você quer ser tratado.

E esta também é uma regra de ouro para as famílias, entre pais e filhos, entre irmãos,

Se eu tratar os meus filhos como eu quero ser tratado e eles me tratarem como querem ser tratados vamos ter uma regra de ouro numa boa relação de família.

Lembra do que disse o sábio – a mão frouxa faz gotejar dentro de casa.  Quantos pais que deixaram a vida correr de qualquer jeito, deixaram os filhos fazer o que quisessem e hoje tem o coração apertado, muitos tem até vontade de morrer, por causa de dramas que se estabelecem dentro da família.

E nenhum está imune se deixar a mão frouxa. Vai gotejar, e o mundo está aí pra mandar chuva acida contra as famílias evangélicas.

 

Efésios 6:1-3 Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.

Hoje em dia você vê filhos batendo nos pais. Você vê crianças de 7 / 8 anos enfrentando o pai, encarando os pais como se fosse da idade dele. Veja o que a Bíblia diz que é justo para um filho – obedecer a seus pais no Senhor. Significa que os pais devem ter regras bíblicas para que os filhos obedeçam.

Então, pais tem que ser exemplo, no Senhor, para que os filhos obedeçam no Senhor.

É por isso que pais não podem ter mãos frouxas, para não deixar gotejar em casa.

 

E muitas vezes os pais querem que os filhos obedeçam, mas não aplicam as regras bíblicas em casa.

Não são exemplo bíblico na sua casa e aí os filhos não obedecem mesmo.

Olha uma coisa, filhos que vivem no mesmo teto dos pais, e dependem da ajuda financeira dos pais, enquanto estiverem debaixo da autoridade dos seus pais, quem manda em casa são os pais.

 

Honra a teu pai e tua mãe – é no Senhor. Quer dizer que se os pais não tem comportamentos no Senhor não merecem e não podem exigir honra.  Um pai que se alcooliza não tem autoridade para que os filhos lhe obedeçam.

E se o filho honrar pai e mãe, tem promessa de Deus para ele – toda a sua vida vai bem e vai ter longa vida.  Agora pense – quanto jovem perde a vida prematuramente porque não honra pai e mãe. Todos os dias você vê noticias de jovens que bateram o carro e morreram.  Tinha bebida no carro…. isso são filhos que desobedeceram pai e mãe.

E, às vezes, desobedecem porque a mão frouxa dentro de casa, faz gotejar a casa.

 

Então, diz – filhos, obedecei – é isto que Deus ensina aos filhos. Então, um pai pode exigir obediência se ele mostra com sua vida, com seu exemplo, com seu amor, com seu caráter, o Senhor na sua vida.

Porque diz – obedecei no Senhor. Aqui está a questão mais importante – a obediência e a honra.

E é aqui que praticamente todos os pais estão em grandes sofrimentos.  Quase todas as famílias que eu conheço passam por isso. Sabe, hoje há muito poucas moças e rapazes que querem ouvir o pai e a mãe.

 

Mas começa lá atrás.  O pai e a mãe tem que ser o exemplo no Senhor, ter a credibilidade para que os filhos ouçam e vejam e digam – meus pais tem atitudes de pessoas de Deus e eu não posso alterar as regras de Deus, porque se afrouxar as mãos, goteja na casa.

Então vamos lutar pelos nossos filhos, não vamos lutar contra, mas a favor deles, pelo caráter dos nossos filhos, pelo futuro, pela fé, pela salvação.

E acredite, você não está lutando sozinho. Você tem uma família, você tem a Igreja Cristo Vive, você tem reuniões de oração e intercessão, você tem o respaldo de uma igreja em teu favor.

 

Você vê filhos pequenos, 4/ 5 anos enfrentando os pais em lugares públicos, porque costume de casa sai pra rua também.

Vamos, neste momento, fazer uma oração ao Senhor pelos pais que foram física ou emocionalmente feridos, para que Deus lhes de forças e esperança.

 

Senhor Jesus Cristo, eu me uno agora com a igreja em favor dos pais que foram feridos, machucados, esperaram tanto dos seus filhos e não obtiveram. E agora estão lutando e chorando desacorçoados.

Senhor, te pedimos, vem em socorro desses pais agora, porque Tu és o socorro bem presente na hora das aflições. Tu disseste – Invoca-me no dia da angustia e Eu te livrarei e tu me glorificarás.

Estamos aqui invocando, em nome daqueles que não tem sequer forças para Te invocar, não tem nem coragem de levantar a voz, de tão sofridos e de tão machucados.

Liberta, Senhor, esta família, faz um milagre da tua glória sobre esta casa, Pai.  Em nome de Jesus.

 

Sabe, quando eu lembro do meu tempo de criança e de jovem, os meus pais, com um olhar, eles diziam tudo. Nem precisava falar.  Meu pai nunca brigou, nunca gritou, mas o silencio dele dizia tudo.

E, quando a gente desobedecia, havia uma vara de marmelo atrás da porta da cozinha.

E, se a mãe dissesse – Olha, desse jeito, a vara vai cantar… Pronto, a gente já parava com a bagunça.

E, ás vezes, a vara cantava no nosso bumbum, meu e das minhas irmãs.

A gente respeitava pai e mãe, a gente honrava os pais. Só que, hoje em dia…

 

Tem muita coisa desgraçada, diabólica na internet, e tem iPad, iPod, iPhone, e ipim…. e quantas crianças destruídas, porque a Bíblia diz que más conversações corrompem os bons costumes.

Lá no meu tempo de criança não havia esse negocio de pedofilia.

Nem homossexualismo, lesbianismo, ou então rapaz dormir na casa da namorada.  Não havia isso!

Se um namorado se atrevesse a dizer aos futuros sogros – hoje vou dormir aqui, tá bom?

Amados, ele ia ter de correr mais 100 metros em 9 segundos.  Agora é normal.

Porque, mão frouxa faz gotejar a casa.  Mão frouxa é falta de disciplina.

 

Eu sei que muitos filhos lutam para honrar seus pais.  Porque pais sem sabedoria não estão no Senhor.

Há pais que estão em caminhos malignos e os filhos estão na igreja.

Há falta de amor, abusos verbais e físicos.  Mas temos de pensar o seguinte – Nossos pais é que nos trouxeram ao mundo e a Bíblia diz – Honra!

– Mas, bispo, se meus pais tem comportamento maligno, como vou honrar?    – Não desonrando.

Amados, há muito pai abandonado por aí que tem filho engenheiro, médico etc e que não quer nem saber do pai, que está morrendo dentro de asilos.  Então temos de honrar nossos pais.

Sabe como?  Não maltratando, não humilhando, não pisando, não desprezando. A Bíblia diz isso.

 

Porque, irmãos, há uma lei chamada Lei do Retorno.  Tudo o que você faz na vida é como um bumerangue – tudo o que você faz volta pra você. Lançou bem, volta bem; lançou mal, volta mal.

Agora, nós, como pais, temos maior responsabilidade perante os filhos.

Porque cabe a nós sermos os guias, os lideres da família.

Então vamos ver o que Deus tem a dizer aos pais. E anote, isto aqui são regras de ouro, porque são teus filhos, teu sangue, ossos dos teus ossos. Tem regras pros pais e pros filhos.

 

Efésios 6:4 E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.

Amados, eu não estou aqui para complicar a vida de nenhum pai ou mãe.

Mas saiba, você pai, você mãe, é importante para seus filhos, você tem de admitir isso.

E o que provoca a ira de um filho?

Tem filho irado porque os pais não os criaram na disciplina e na admoestação do Senhor.

Porque criar filhos não é dar comida, calçado, roupa. Mas estabelecer uma relação importante com os filhos.

 

Então o que provoca a ira de um filho?

Primeiro lugar, falta de definição de limites. Se você não põe limites – você tem de chegar em casa até as 11hs – e o teu filho chega ás 2 da madrugada, não adianta você reclamar e gritar com a vassoura na mão.

Você tem de estabelecer limites:  hora de chegada, hora de saída, hora de refeição, hora de ver TV, hora de estudo, pode usar essa roupa agora, quanto pode gastar e quanto não pode gastar.

 

Segundo lugar, filho se exaspera quando há disciplina imprevisível. Se você como pai e mãe não deixa clara as regras de disciplina.  Diga a seus filhos que tipo de disciplina terão se quebrarem as regras da casa.

Terceiro lugar, filho se exaspera quando há criticas desequilibradas.  Tem pais que dizem – você é um burro, você não vale nada, você nunca será nada na vida.  Nunca diga esse tipo de coisa a um filho.

Tem pessoas que ouviram isso dos seus pais, a vida inteira, desde criança até a vida adulta.

Isto gera ira dos filhos.

 

Quarto lugar, Exigência exagerada.  Isso gera ira também.  Porque a regra de ouro diz – trate os outros como você quer ser tratado. Se você exige alguma coisa, você deve explicar porque.

Não quero que ninguém fique mais de 10 minutos no banho. Você estabelece regras na sua casa.

Quinto lugar, expectativas não acertadas. Se você não trata, não conversa com seus filho, possivelmente você vai ter de manipular um filho e isso vai trazer ira ao filho.

Sexto lugar, iras não merecidas.  Amados pais, se vocês errarem com seus filhos, por qualquer motivo, seja, por exemplo, por um equívoco, ou por algo que não foi compreendido direito, peça perdão aos seus filhos. Isto é fundamental, porque pouca gente pede desculpa, perdão e vivem brigados por anos.

 

A palavra perdão não é mágica, é bíblica, tem que ser utilizada dentro de uma família.

Se você não pedir perdão quando erra com seu filho, você provoca seu filho à ira.

É por isso que milhares de jovens pela rua, não tem vontade de ir pra casa, não tem vontade de ir à igreja, não tem vontade de amar, porque estão irados, foram provocados pelos pais.

Muitos idosos que estão dentro de asilos são idosos vingados, porque maltrataram seus filhos quando estavam em família, em suas casas. E agora os filhos os abandonaram.

 

Então, diz para não provocar os filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.

Amados, não é fácil criar filhos disciplina e na admoestação do Senhor.

Não é o que eu penso, mas o que o Senhor diz para fazer.

Então, está dizendo aos pais, ao pai e à mãe juntos – criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor Portanto, o pai e a mãe não pode estar em discordância sobre os filhos.

Se o pai diz uma coisa a mãe diz amém.  E se a mãe diz uma coisa o pai diz amém.

Isto tem que ser um acerto que deve ser feito dentro de cada família, entre os pais.

Deus deixou regras de disciplina, exatamente como ele faz conosco ele quer que façamos com nossos filhos. Porque senão, a mão frouxa…

 

Hebreus 12:10 Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia; Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade.

Deus sabe que, se não tivermos a disciplina dele, nós não vamos ser santos na prática da vida.

Na carne cada um  tomaria o seu rumo e ia se perder pelo mundo.

 

Hebreus 12:11  Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.

Quando Deus nos disciplina nós não ficamos alegres. E com nossos filhos acontece o mesmo, quando nós os disciplinamos.

Então, diz que inicio não parece bom, mas depois produz fruto pacífico e de justiça.

Quando você disciplina um filho, na hora ele não gosta, mas depois ele vê que foi bom.

Quando você não deixa ver determinados programas de TV, ele fica triste, mas depois vai ver que foi pro seu bem.  E quem sabe o que é para bem é Deus.

 

E todos nós precisamos de disciplina.  Esta palavra vem do grego, paideo, quer dizer treinamento, ou treinar uma pessoa como se treina uma criança pra andar.

E muita gente só muda com dor.  É por isso que a Bíblia diz que Deus disciplina, corrige e açoita.

É como dizem – não veio pelo amor, vai vir pela dor.

Então toda disciplina é dolorosa. Diz que no inicio…

Você deve disciplina seus filhos com limites. Disciplinar com ira não é bom. Porque vem vingança.

O filho percebe se está sendo vingado ou disciplinado.

 

Então, o que fazer para disciplinar?

Tire privilégios. Mostre consequência. Mostre que a vida nem sempre é justa.

Eu sei que é muito difícil para os pais disciplinar. As vezes os pais querem dar aos filhos o que eles não tiveram e se excedem.  As vezes os pais são permissivos demais.

Por isso a Bíblia diz – discipline seus filhos, eduque-os no Senhor. Disciplinar é para beneficio.

Como Deus nos disciplina e é para o nosso bem e vai gerar frutos.

 

Então, disciplinar os filhos no Senhor e não provocar seus filhos à ira.

Há pais que vivem provocando seus filhos e depois querem um retorno positivo.  Não há como.

Porque é uma reciprocidade.  Filhos, obedecei aos pais no Senhor.  Pais, criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor. São as regras de Deus. Não são as nossas que prevalecem.

Então criar na disciplina e na admoestação do Senhor é dar maturidade, crescimento pessoal, levar os filhos ao foco das questões espirituais, é derramar amor sobre os filhos.

Quais os pais que fazem isso?  Muito poucos pais.  Agora, as regras bíblicas não é devastadora, elas são edificadoras e geradoras de crescimento. Deus é que sabe o que é certo.

 

Então, como criar os filhos na disciplina e na admoestação do Senhor?

Primeiro, lidere seus filhos espiritualmente.

 

João 1:12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;

Você tem um poder que deve passar aos seus filhos. Ensine seus filhos a serem filhos de Deus.

Olha tem pai que, quando o filho chega aos 15 anos, em vez de ensinar sobre as questões do sexo, o pai arruma uma mulher para o filho “começar a viver”, conhecer o sexo. Isso é equivocado.

 

Porque a virgindade é para o homem e para a mulher. Fez isso com seu filho, carimbou seu filho pro resto da vida negativamente. E tem pai que ainda se orgulha que o filho já pegou uma mulher.

Ensine seus filhos a amarem a Deus, amarem a família, amarem seus irmãos, amarem a igreja, amarem o pastor. Isto é o pai e a mãe que tem de ensinar.

Porque há pais que ensinam seus filhos a não gostar de igreja, de pastor, de autoridade nenhuma.

 

Ensine seus filhos a orar, a serem dizimistas, a serem crentes de verdade, a serem fiéis.

Ensine seus filhos sobre o que é aborto, que isso é uma prática maligna.

Ensine que sexo é no casamento, e que sexo fora do casamento pode atrapalhar a vida do pai, da mae, e do filho.

 

Fale sobre o que é essa ideia maligna de casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Fale das coisas que são contra Deus, e se são contra Deus são inimigas de Deus.

Fale sobre virgindade, sobre drogas, explique aos seus filhos, e não deixe que o mundo ensine errado.

Que privilegio os pais poderem ser exemplo para seus filhos.

 

Terceiro lugar – Ore todos os dias por seus filhos.

 

1Samuel 12:23 Quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes, vos ensinarei o caminho bom e direito.

Orar pelos filhos e mostrar o caminho bom e direito é função dos pais, porque senão a mão frouxa faz gotejar a casa. Ore todos os dias por seus filhos.

Venha aqui na terça-feira investir seu tempo com a igreja e orar por sua família e por seus filhos.

Ore pelos seus filhos para que eles dependam do Senhor.

Ore pelos seus filhos e pela sua família para mudar situações.

Ore porque a oração tem um grande significado para esta igreja.

Mãe que ora tem um lar poderoso. Um pai que ora tem um poder tremendo, um pai que não tem vergonha de orar perante seus filhos na igreja, em casa, na hora da refeição, isso é fundamental.

 

Quarto lugar – Creia e deseje o crescimento espiritual dos seus filhos.

Se é criança, fale que é Noé, quem é Abraão, quem é João, e quem é Jesus acima de tudo.

Ore com seus filhos, leia a Bíblia para eles, faça que eles também leiam a Bíblia, ensine a palavra.

Dê uma Bíblia a cada filho seu.

 

Gálatas 4:19 meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós;

Esta é a nossa função de pais, até que o seu filho tenha Cristo formado nele.

 

Deuteronômio 11:18 Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma; atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por frontal entre os olhos.

 

Deuteronômio 11:19-20  Ensinai-as a vossos filhos, falando delas assentados em vossa casa, e andando pelo caminho, e deitando-vos, e levantando-vos. Escrevei-as nos umbrais de vossa casa e nas vossas portas,

Amados, isto tudo é Deus nos dizendo.

 

Deuteronômio 11:21  para que se multipliquem os vossos dias e os dias de vossos filhos na terra que o SENHOR, sob juramento, prometeu dar a vossos pais, e sejam tão numerosos como os dias do céu acima da terra.

Olha só, você pode dar longevidade aos seus filhos se você for uma pessoa que ensina a palavra.

E só se ensina a palavra com testemunho de vida.

Então, não provoqueis vossos filhos à ira. Criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.

 

Quinto lugar – mostre sempre amor sobre seus filhos, demonstre compaixão por eles.

 

Efésios 4:32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.

Uma pessoa compassiva é uma pessoa misericordiosa. Ela, quando disciplina, ela não provoca à ira, ela ensina no Senhor, mostra as consequências na vida, sem aquela regra e com aquela regra.

 

Filipenses 2:1 Se há, pois, alguma exortação em Cristo, alguma consolação de amor, alguma comunhão do Espírito, se há entranhados afetos e misericórdias,

Este é o coração de um pai, de uma mãe crente, de filhos crentes.  Consolação, amor, comunhão, afetos entranhados, misericórdia. Estão lá dentro do coração dos pais esses itens da misericórdia de Deus.

 

Colossenses 3:12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.

Veja quantas características de Deus devem estar no coração dos pais e filhos crentes.

Amados, isto aqui é para viver, não é simplesmente pra falar.

Porque é isto que vai trazer longevidade ao teu casamento, a tua família, aos teus filhos, aos teus descendentes.

É isto que você vai ter quando, idoso, olhar pra trás, vai poder dizer – eu criei filhos com as regras bíblicas, com bons exemplos para a sociedade e para a nossa família.

 

Salmos 103:13 Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece dos que o temem.

Pai, mãe, tenha compaixão de seus filhos.

Você erra, eu erro, todos nós erramos muitas vezes na vida.

Nossa carne não é santa e não se converte.

Então, quando seu filho errar, quando sua filha errar, tenha compaixão dos seus filhos.

 

Gálatas 5:6 Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.

Mãe, pai, olhem para o futuro, creiam em Deus.

Não fiquem focados no que já aconteceu no passado. Esqueçam o que se passou até hoje.

Você não pode mais ter um futuro incerto nas relações com seus filhos. Deus está no controle.

 

Filhos, honrem pai e mãe no Senhor. Para que tudo te vá bem, para que você tenha longa vida.

Se você não honrar pai e mãe, as coisas não irão bem e você não terá longa vida.

Você terá a vida encurtada.

Então, o Espírito Santo de Deus, que semeou estas sementes em nossos corações, faça que estas sementes germinem e assim haja famílias que façam a diferença.

Assim Seja, porque assim disse o Senhor.

Um Presente Para Você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *