AS FOLHAS SÃO REMÉDIO

Ezequiel 47:12 Junto ao rio, às ribanceiras, de um e de outro lado, nascerá toda sorte de árvore que dá fruto para se comer; não fenecerá a sua folha, nem faltará o seu fruto; nos seus meses, produzirá novos frutos, porque as suas águas saem do santuário; o seu fruto servirá de alimento, e a sua folha, de remédio.

Eleitos de Deus, predestinados em amor, chamados para uma santa vocação, os que são da Geração de Conquistadores, e que estão vivendo o Tempo de Restauração de Todas as Coisas que o Senhor DEUS Valoriza, meus irmãos amados.

O profeta Ezequiel, com esta palavra profética, trouxe uma mensagem de esperança e de renovação para o povo de Israel que estava no exilio e iria ficar ali por 70 anos. Uns, da parte da Síria e outros, da parte da Babilônia. DEUS deu uma visão de reconstrução do templo e da cidade de Jerusalém, e da saída do cativeiro para liberdade. O foco da profecia era de restauração.  

Porque a visão do profeta foi de águas que saiam do altar do templo, e iam passando por terras secas, e as tornando produtivas, até chegarem ao mar Morto para tornar as águas saudáveis.

Então diz que essas águas que saiam do templo, por onde passavam, tornavam as terras produtivas, com arvores dando frutos, que serviam de alimento, e as folhas serviam de remédio. Hoje vamos falar deste remédio das folhas, causado pelas águas que traziam restauração, recomeços, novidade de vida. São as águas da Graça de DEUS, o mover do Espírito Santo de DEUS. E aonde estas águas chegam, às vidas que estão como terras secas, trazem restauração de tudo aquilo que o Senhor DEUS valoriza.

E a mensagem do Novo Paco é a mensagem que o Senhor DEUS mais valoriza, porque ela é remédio, ela é a única mensagem para nós que somos gentios e não temos nada a ver com Moisés. Não podemos viver com ritos, cerimonias, jejuns, batismos.  Porque até João Batista, que foi o último profeta do AT, e a quem DEUS ordenou que batizasse com água, ele disse – eu vou batizo com água, mas Ele (Jesus) vos batizará com o Espírito Santo e com fogo, com a graça. 

Amados, nada pode resolver aquilo que só o Espírito Santo faz. Nenhum batismo em água tem valor no Novo Pacto.

Então, como as folhas são remédio, vamos tratar de um assunto que a igreja tradicional tem muita dificuldade para entender e explicar ao povo de DEUS.

Romanos 6:14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça.

Quer dizer, quem está debaixo da lei, o pecado domina. Por isso, aqui neste altar você nunca me ouvir falar nem ouvirá em dizer – Ó pecador, ó pecadora! – E ai daquele que chamar uma ovelha de pecador. Na lei, o profeta disse – A alma que pecar essa morrerá. E na graça, pastor, como fica a alma que pecar?  DEUS disciplina, corrige e açoita. A mensagem que salva é a graça, onde não há graça não há nada, há reunião, há religião, mas não há o mover de DEUS.

Por isso, Jesus veio e deu um fim à lei – o fim da lei é Cristo – disse Paulo aos romanos. Só que a igreja de Jesus debaixo da lei ainda não sabe disto, e quando alguém não toma a ceia, já acusa – está em pecado – porque são lugares de acusação e de condenação. Fazem da ceia um termômetro para ver quem está em pecado. Ou seja, não sabem o que é a ceia, nem o que é pecado. Ceia não é termômetro para saber quem está em pecado, até porque, na graça, o pecado não tem domínio sobre o cristão.

Que falta de conhecimento! E por isso o povo de DEUS está sendo destruído. Porque não recebe conhecimento do altar, e por isso não tem olhos espirituais iluminados, continua com escamas nos olhos, e cera nos ouvidos. Não ouve, não entende, não sabe, não pratica, não tem paz.

Veja por que o conhecimento é importante. Levantamento do IBGE:

– 44% da população brasileira não tem hábito de ler.

– 30% nunca comprou um livro sequer.

– 27% não tem cultura funcional, não sabe interpretar um texto.

– 30% dos professores dizem que não são leitores assíduos.

Monteiro Lobato disse lá por 1920 – um país se faz de homens e de livros.

E nós podemos dizer – um país se faz de conhecimento e da Bíblia.  Onde não Bíblia num país, num estado, num município, numa família, não há fundamentos, nem estrutura, nem condição de vitória. Por isso, meus irmãos de fé, é preciso aprender por toda a vida. Porque aprender vai até o fim da vida. E aprendizado é para todos e para toda a vida.

1Coríntios 12:18 Mas Deus dispôs os membros, colocando cada um deles no corpo, como lhe aprouve.

Por isso, neste ministério prevalece aquilo que é vontade, desígnio, plano, beneplácito de DEUS. Amados, aqui 99,9999999% é DEUS, e 0,00000001% sou eu. Olha, me deu este ministério e sempre foi como Ele quis, eu não fiz nada para conseguir ser pastor, ser bispo, ter a amizade do apóstolo, que me chama de compadre. DEUS é DEUS, amados. Ele faz como lhe aprouve, como Ele quer, quando quer e com quem quer. Por isso, este ministério não tem a letra de Moisés que mata, mas tem o Espírito que dá vida.

Romanos 6:14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça.

Quando uma pessoa está na graça o pecado não tem mais domínio. O pecado não tem mais domínio sobre a tua vida.  Então, há pessoas que podem perguntar: – Bispo, qual o papel do pecado na Cristo Vive? Imagine se Jesus voltasse hoje e houvesse um crente desta igreja em pecado, ele fica ou vai? Será que o diabo não pode mesmo tirar alguém das mãos de Jesus?  Olha, o pecado não tem mais domínio sobre quem está debaixo da graça, porque Jesus, veio cumpriu a lei e Paulo diz – o fim da lei é Cristo.

Na lei, no antigo pacto, o pecado dominava e ainda domina as pessoas. Tanto que, por causa do pecado, DEUS permitiu que o povo de Israel fosse levado cativo para a Babilônia e ficasse em escravidão. Na graça o pecado pode até querer dominar, mas não pode. Porque na graça somos privilegiados pelo sangue de Jesus, que pagou todos os pecados passados, presentes e futuros. E temos responsabilidade com isso. Os romanos achavam que, por estarem debaixo da graça, poderiam pecar. Mas Paulo disse…

Romanos 6:1-2 Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que seja a graça mais abundante? 2 ​De modo nenhum! Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos?

A mente romana é a do mundo legalista – se eu pecar, faço um jejum, um sacrifício e acabou. Vou domingo lá na frente e aceito Jesus de novo e tudo resolvido. Claro que, mesmo na graça, todos nós erramos, pecamos, mas não somos da prática do pecado. De modo nenhum!  Então, a lei era um pacto para a carne, e a graça, um pacto para o espírito.

Romanos 6:12 Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, de maneira que obedeçais às suas paixões;

O pecado pode vir ao meu corpo mortal, porque a carne não se converteu, mas o pecado não pode reinar, dominar a minha vida na carne. Não posso obedecer às suas paixões, ou seja, o nosso corpo mortal tem paixões.

Romanos 6:13 nem ofereçais cada um os membros do seu corpo ao pecado, como instrumentos de iniquidade; mas oferecei-vos a Deus, como ressurretos dentre os mortos, e os vossos membros, a Deus, como instrumentos de justiça.

Oferece-te a DEUS como instrumento de justiça, assim você não vai deixar o pecado dominando a tua vida. E por isso Paulo diz que precisamos ter uma boa consciência, e não uma consciência de pecado. Porque, quando a pessoa não tem uma boa consciência, não entende o valor da obra de Cristo, ela acha pesado um culto de 2 horas. Mas se for uma festa de 5 horas está tudo bem. Se a noiva atrasa 1 hora para começar o casamento, tudo legal. Mas se o pastor aumenta 10 minutos a mensagem, a pessoa começa a olhar para o relógio… o que é que o pastor quer?  Isso, na lei. Na graça não acontece assim, porque é um projeto perfeito de DEUS.

Veja o que dizem as estatísticas.

Num show, as pessoas procuram as primeiras cadeiras.

Nas igrejas da lei as pessoas procuram ficar lá nas últimas cadeiras, mais distante possível do altar.

A maioria dos crentes da lei contestam a Bíblia, questionam a Bíblia e a DEUS – não pode ter dízimo, DEUS é injusto se escolher uns para a salvação e outros para a perdição, DEUS não pode fazer isso, onde está DEUS que permitiu essa pandemia.   

Nós não podemos nos envergonhar do evangelho, o evangelho é o poder de DEUS para a salvação.

Então, a lei era um pacto para a carne, e a graça, um pacto para o espírito. O corpo de um crente da graça tem que ser sujeitado ao espírito.

Filipenses 3:21 o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas.

Nosso corpo quer nos humilhar. E Pedro diz mais ainda…

1Pedro 3:21 a qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo;

Nós temos boa consciência para com DEUS. Já ressuscitamos com Ele, e estamos assentados em lugares celestiais com Cristo Jesus. A maldição da lei não é mais para nós.

Gálatas 3:13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro),

Então, tudo o que for lei é maldito. Paulo disse em gálatas 1 – se um anjo, ou mesmo um de nós, pregar evangelho que vá além deste da graça, seja anátema. Graças a DEUS que Cristo foi nosso substituto porque ele nos resgatou da maldição da lei, lá na cruz. Ele se fez maldito em nosso lugar. Por isso hoje somos benditos. Ele se fez pecado em nosso lugar, para que fossemos justos. Então, entenda definitivamente isso – o pecado não pode ter domínio sobre uma pessoa da graça. O diabo não pode tocar numa pessoa que tem esta confissão.

Então, o pecado não tem domínio sobre você, mas você tem de ser vigilante, porque o teu corpo é de imundície, é de humilhação, e a tendencia da carne é para o pecado. Então, o corpo tem de ser submetido ao espírito.  Agora, quanto a salvação, na graça, uma pessoa perder a salvação (se isso fosse possível), o pecado teria que ter domínio sobre nós. Mas a Bíblia diz que ele não tem. Logo, o pecado não me tira a salvação. Porque na graça o Senhor me dá capacitação para resistir ao pecado e dizer – não, não faço, não devo, não é pra mim.

João 10:28 Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.

Se Jesus diz – JAMAIS PERECERÃO – quer dizer que somos salvos para sempre.

Então, por que as pessoas tem medo de dizer – sou salvo para sempre, salvo uma vez salvo para sempre, uma vez salvo sempre salvo?  Porque a lei condena, a lei quer acusar, condenar. É por isso que há profetas do apocalipse que dizem – DEUS me levou ao inferno e eu vi lá tantos crentes, tantas igrejas, tantos pastores, gavetas e mais gavetas com os cabelos das mulheres de DEUS que cortaram seus cabelos… Viu nada, nós não temos nenhuma relação com inferno. Ou é profeta do inferno mesmo. Inferno é para o diabo e seus seguidores.

Irmãos, se você foi salvo uma vez, foi salvo para sempre. Uma vez em Cristo, em Cristo para sempre. Uma vez ungido, ungido para sempre. Uma vez filho, filho para sempre. Uma vez selado, selado para sempre. Não pereceremos.  Uma vez nas mãos de DEUS, ninguém te arrebata.

– Pastor, e uma pessoa que está na igreja um bom tempo e, de repente, sai e vai pra macumba… Olha, essa pessoa nunca foi salva, nunca foi de Jesus, não é ovelha do Senhor. Porque uma pessoa convertida, lavada no precioso sangue do Cordeiro, é nova criatura, não tem mínima possibilidade de voltar ao império das trevas. Agora, quem não é de Jesus, pode até vir pra igreja, mas não se converte.

Hebreus 10:14 ​Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados.

Uma vez salvo, salvo para sempre. Uma vez ungido, ungido para sempre. Uma vez aperfeiçoado, aperfeiçoado para sempre. Estão sendo santificados significa – estão aprendendo a viver a vida que DEUS quer que a gente viva, porque sem santificação ninguém verá o Senhor. Não é a minha carne que é santificada, mas a minha conduta tem de ser de uma pessoa santificada pelo sacrifício de Cristo.

Miquéias 7:19 Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.

Tudo o que você fez de pecado, todos os pecados passados, presentes e futuros, diz que DEUS jogou no fundo do mar. Lá no mais profundo, no abissal da Fossa das Marianas, a 11.000 metros de profundidade no oceano Pacífico. E aí vem pregadores sem o mínimo conhecimento do significado do sacrifício de Jesus na cruz e te chama de pecador. Valha-me, DEUS!  Que ignorância. Eu fui pecador, não sou mais, agora estou livre dos meus pecados, o pecado não tem mais domínio sobre mim, porque Jesus o encravou na cruz.

Quando eu confessei Jesus como meu Senhor e Salvador, pelo dom da fé, eu renasci de uma semente incorruptível, e DEUS me colocou assentado em lugares celestiais juntamente com Cristo. DEUS não me colocou em lugares infernais. Porque as águas da Graça de Deus me cobriram e me tornaram saudável. E agora nada nem ninguém pode me separar do amor de DEUS.

O problema é que a maioria dos grandes líderes evangélicos não sabe mais qual o papel da igreja, não acredita na importância da igreja para o povo de DEUS e, na pandemia, muitos disseram – vamos fechar as igrejas, porque vai haver muita aglomeração e vai morrer muita gente. E agora, está morrendo tanta gente porque as igrejas estão abertas, ou porque as pessoas não fazem o mínimo pela sua saúde, e se juntam em baladas, em bailes funk, e festas clandestinas?  Igreja não é lugar de vírus, é lugar de vida.

Agora ouça – se fosse possível levar Jesus de volta ao sepulcro e não haver ressurreição, aí sim, estaríamos perdidos, sem salvação, era inferno na certa.

Hebreus 2:14 Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo,

DESTRUIR, do grego, KATARGEO – amarrar, limitar, impedir de agir, tirar o poder de agir.

Então, agora, pela morte e ressurreição de Cristo, é impossível que um filho de DEUS seja possuído pelo diabo. Por isso, o pacto da Graça de Deus é imutável, firme, é âncora para nossa alma.

Agora, guarde esta palavra – É Impossível.  

Hebreus 6:4 É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo,

Hebreus 6:5 ​e provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro,

Hebreus 6:6 ​e caíram, sim, é impossível outra vez renová-los para arrependimento, visto que, de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia.

Então, uma vez que fui salvo, se eu pecar, vem disciplina, correção e açoite, mas é impossível eu perder aquilo que DEUS me deu – a salvação eterna. Senão, Jesus teria que ser crucificado de novo e ser exposto à ignominia de novo. Por isso é que o arrependimento é uma vez para sempre, quando eu me converto e não tem como ser renovado. Arrependeu-se uma vez, está arrependido para sempre. Mas a igreja tradicional contradiz a Bíblia e diz – não é bem assim…

Quando DEUS concede a sua graça a uma pessoa, é impossível essa pessoa perder a posição na qual DEUS a colocou. Senão, DEUS seria mutável, mas Ele é imutável. Se Ele me resgatou do império das trevas e me transportou para o reino do Filho do seu amor, é impossível eu voltar para o império das trevas. Senão, Jesus teria que voltar para o túmulo, para a cruz, e refazer o seu sacrifício.

E esta palavra – com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados – seria uma mentira. Senhor, pequei 3 vezes… e Jesus teria que voltar para o tumulo, daí para a cruz, ser crucificado novamente. Isto seria expor o Senhor ignominia, à vergonha.

– Mas, pastor, me perdoa, mas tem gente que pisa na bola, e daí, como é que fica?

Hebreus 10:26 Porque, se vivermos deliberadamente em pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados;

Veja, não há como fazer um sacrifício para tentar anular pecados. Então, o que acontece nesse caso?

Hebreus 10:27 ​pelo contrário, certa expectação horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os adversários.

Hebreus 10:31 ​Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

As igrejas não conhecem isso, amados. Por isso, é que as pessoas dizem – Hoje eu decidi ser salvo, por livre arbítrio resolvi aceitar Jesus. Agora me diga, como é que tem livre arbítrio alguém que está morto em pecados e delitos, que a Bíblia diz – não há justo, não há sequer um, não há quem entenda, não há quem não busque a DEUS – e essa pessoa morta decidiu por livre arbítrio aceitar Jesus?

– Bispo, qual o percentual de participação de um crente na obra da salvação, de 0 a 100?  ZERO!

– Pastor, quer dizer que uma pessoa pode pagar com a vida um pecado?  Pode sim. É só ver o caso de Sansão, se casou com uma mulher ímpia, revelou a ela o segredo da sua força. Acabou preso, furaram seus olhos. E, por fim, pediu forças a DEUS, e derrubou um templo pagão inteiro, matou um monte de gente e morreu junto. Mas foi salvo, diz lá em Hebreus.

Rei Davi, um homem segundo o coração de DEUS, pecou e a consequência do pecado foi que DEUS permitiu que o filho dele morresse. Era o filho dele com Bate-Seba, a mulher do adultério que ele cometeu. Nós entendemos que todos pecaram.

Romanos 5:12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.

Romanos 5:18 Pois assim como, por uma só ofensa, veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também, por um só ato de justiça, veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida.

Por uma ofensa – juízo para condenação. Por um ato de justiça – a graça salvadora para justificação.

1Pedro 2:24 carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.

Carregou ou não carregou?  Carregou sim!  Por isso é que estamos mortos para os pecados. O pecado não tem mais domínio sobre nós, porque estamos debaixo da graça. Quando Jesus estava naquela cruz, lá estava eu. Lá estava você. E Ele disse – Eu estou me fazendo pecado por você, para você ser minha justiça. Amados, a obra de Cristo é perfeita.

Mas quem não tem o Espírito de Cristo vive pecando, pratica pecado, continua pecando, e nada lhe acontece. Porque é bastardo, não é filho. Quem é filho vem disciplina, correção e açoite. De DEUS não se zomba, com DEUS não se brinca.

Ah!  Mas com o pastor é diferente… Diferente nada, irmão.  O pastor tem uma responsabilidade de ensinar as ovelhas sobre os desígnios do Senhor. O pastor não é um artista no palco, que é aplaudido porque trouxe a palavra. Quem tem de ser aplaudido e louvado é o Senhor.  Eu estou aqui cumprindo meu chamado. E aqui no altar não sou mais que ninguém. Aqui, que Jesus cresça e eu diminua. Aplauda o Senhor, porque é Ele que é digno de toda honra, glória e louvor.

Paulo disse – eu, o menor dos apóstolos, nascido fora do tempo como um aborto. Ele tinha uma mágoa por ter consentido na morte de Estêvão.

Provérbios 6:16-17 Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: 17 olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,

Provérbios 6:18-19 ​coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, 19 ​testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

DEUS abomina quem semeia contendas entre os irmãos, quem murmura, quem fofoca, quem cria discórdias, rixas, discussões insensatas – DEUS abomina. DEUS odeia, DEUS detesta, DEUS amaldiçoa, DEUS tem asco desse tipo de gente. Disque não disque, eu não gosto porque DEUS abomina. Quem é nascido de novo tem temor de DEUS. No mundo passais por aflições, disse Jesus, mas eu venci. Já temos aflições demais. Mas DEUS nos coloca na posição de vencedores.

Hebreus 12:4 Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue

Hebreus 12:5 ​e estais esquecidos da exortação que, como a filhos, discorre convosco: Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado;

Hebreus 12:6 ​porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe.

Hebreus 12:8 ​Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos.

Hebreus 12:9 ​Além disso, tínhamos os nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os respeitávamos; não havemos de estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então, viveremos?

Hebreus 12:10 ​Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia; Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade.

A Obra de Cristo é perfeita, sem retoques.  Não há o que acrescentar na obra que Jesus fez por nós.  Ele nos resgatou da lei. Ele pagou o preço da nossa reconciliação, nos libertou da nossa natureza carnal, e deu nova vida ao nosso homem interior. E agora nada nos pode separar do Seu amor.

Eu lhe entreguei aqui folhas de remédio espiritual que cura emoções, pensamentos, alma, corpo físico e espírito. 

Assuma que agora você tem boa consciência para com DEUS.  Nada mais de culpa por nada que você fez no passado. Você está vivendo em novidade de vida, proporcionada pelo Novo Pacto de melhores e de superiores promessas.

E queAssim Seja, porque assim disse o Senhor. Ao Seu Nome Toda Glória!   

Um Presente Para Você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *